Hackathon e resiliência são para TODO MUNDO!

Hack (aquilo que o programador manda muito bem)+ matarathon (maratona). Assim nasce o hackathon, verdadeiras maratonas que chamam atenção de estudantes, apaixonados por tecnologia, devs em busca de uma experiência única e profissionais de todos backgrounds. Em comum, um único objetivo: criar soluções inovadoras para algum problema ou específico, em um curto período de tempo.

Nesses eventos você consegue montar uma equipe com pessoas em diferentes momentos da carreira, desenvolvendo o seu networking ao mesmo tempo em que aprende na prática sobre gestão de tempo, priorização de tarefas — e, é claro, trabalho em equipe. Para quem nunca teve uma experiência antes, é uma maneira única de começar a adentrar no mercado de tecnologia, mesmo que seja só para conhecer o funcionamento de um projeto. Para quem já participou de hackathons antes, o sentimento que fica é o de “quando será o próximo?”

Para uma área em constante evolução com a tecnologia, esses eventos são verdadeiras oportunidades de ouro para se conectar com problemas de mercado e soluções investigativas. Durante os dias de dedicação ao projeto, você pode ter acesso à palestras, masterclasses e workshops, além de momentos de feedbacks voltados para o desenvolvimento dos participantes. E tem mais: alguns hackathons oferecem premiações em dinheiro ou em benefícios acadêmicos, como cursos e certificados de participação. Para todos aqueles que participam, a certeza do aprendizado adquirido é muito mais recompensadora!

E se você ficou interessado em participar de um hackathon ainda esse ano, a Resilia recomenda o Hackin.Rio, maior Olimpíada Hacker da América Latina e países falantes da língua portuguesa. Em sua 4ª edição, o evento está previsto para acontecer entre julho e setembro de 2021 e contará com inscrições online e projetos remotos.

Para participar do Hackin.Roo as equipes precisam ter, no mínimo, 3 componentes e, no máximo, 5. Para os Resilientes e futuros Resilientes, esse momento de pré-inscrição é essencial para explorar as possibilidades de tema com base nos editais dos anos anteriores e tirar dúvidas. Aproveite também para pensar nos s membros do seu time, principalmente unindo forças e valorizando as skills de cada um dos componentes, que não precisam ser só programadores ou desenvolvedores. Domínio de design, UX/UI, línguas ou mais um pouco, todos são bem-vindos!

Na Resilia, formamos os melhores profissionais em tecnologia. Para isso, exigimos apenas uma coisa: garra.